Ysolda Cabral em Prosa e Versos

Uma pessoa que chora e ri de alegria, tristeza ou saudade, sem nenhum pudor...

Textos

"MOMENTO PARA MIM"

Aumenta o volume do som!!
Quero ouvir a música tão alta, mais tão alta,
Que não ouça mais nada.

Que ela me invada de tal forma,
Que não só espatife meus tímpanos,
Mas também a minha alma...

Que ela me deixe tão louca, mais tão louca,
Que eu perca totalmente a inércia e a aparente calma.
E, já que hoje estou verdadeiramente disposta,
Vou me fazer uma proposta:

Que tal sair por aí?!
Mesmo que esse por aí,
Seja só dentro de minha “casa”,
De onde ainda gosto,
Aprendo, noto, anoto e ainda posso?

Ah, hoje estou mesmo decidida!
Não quero sentir tristeza, raiva, nem pena...
Quero viver plena e serena,
Mesmo que seja por um segundo apenas...

Aumenta o som!!!
Vou rodopiar até cair
E daí?

Se me machucar,
Tenho mercúrio cromo,
Atadura, bolsa de gelo e minha cama...

Ah!
É hoje que vou me esbaldar
E sem sair de mim!
Quem vai me impedir?

*******

Obs. O nome do poema foi sugestão do nobre Falcão Dourado. Adorei!  
Ysolda Cabral
Enviado por Ysolda Cabral em 21/11/2008
Alterado em 21/11/2008
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras