Ysolda Cabral em Prosa e Versos

Uma pessoa que chora e ri de alegria, tristeza ou saudade, sem nenhum pudor...

Textos

PSICOLOGIA JURÍDICA - ESTUDO INICIAL 001
Da LEMBRANÇA pouca coisa...
-Acredite!

Os AFETOS foram reduzidos, incompreendidos...
Os DESAFETOS perdoados...

-Tenho tido e dito.

DESEJOS reprimidos são aceitos,
Adiados ou extintos de fato...

- No ato!

Já os SONHOS são assumidos...
Menos àqueles que serão punidos,
Para não correr o risco de “dormir” em pleno dia.
Ou ir parar numa pedra fria sem alvo.

- O que não seria obra do acaso...

É assim que me proponho estudar com “AUREA”,
Digo: com AURA e ensaio:
PSICOLOGIA JURÍDICA é fria!
Reprova e mata gato e gata...

- Sem garra...

E com ou sem o PSICO da MENTE, que não mente.
É LOGOS do estudo...

- Trabalho que não é engraçado comumente...

Quanto ao SENTIDO da PALAVRA...
Eu resmungo uns versos tolos e sem rimas,
Vindos de um coração apaixonado,
O qual anda triste e em pedaços,
Com “Tum, Tum” descompassado,
A caminhar manco pelos corredores da FAPE.

*********

Publicado tb no blogger " Apenas Ysolda "
www.ysoldacabral.blogspot.com/
Ysolda Cabral
Enviado por Ysolda Cabral em 19/03/2009
Alterado em 17/04/2009
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras