Ysolda Cabral em Prosa e Versos

Uma pessoa que chora e ri de alegria, tristeza ou saudade, sem nenhum pudor...

Textos

CARA DE PAPANGU
Hoje estou com cara pálida
Olheiras e cheia de não me toques

Pra levantar meu astral
Apelei para o batom vermelho
Que me deixou um papangú
De bloco de Carnaval

Para completar a maquiagem
Um leve contorno nos olhos
Um retoque nas sobrancelhas
E no pescoço um lenço sem broche

Busto pronto e colorido
Esqueci da parte de baixo
Carente de saia rodada e nova
Vesti uma calça comprida

Já a caminho do trabalho
Achando-me jeitosa e bonita
Um piedoso assovio
Leva-me de volta pra casa

Retirando toda maquiagem
E aliviada da máscara
Fico pronta para encarar a vida
De cara lavada e limpa...
Ysolda Cabral
Enviado por Ysolda Cabral em 18/05/2009
Alterado em 18/05/2009
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras