Ysolda Cabral em Prosa e Versos

Uma pessoa que chora e ri de alegria, tristeza ou saudade, sem nenhum pudor...

Textos

FILOSOFIA "YSOLDIANA" III

Quando me sinto atrapalhada sorrio muito
E logo me sinto recompensada.

Quando me sinto envergonhada,
Dou gargalhada escancarada.

Quando me sinto negligenciada,
Sorrio conformada.

Se me acho feia, faço careta.
Logo me acho uma princesa.

Se do nada fico triste,
Componho uma canção.

Gosto até de aquecer meu coração,
Dando risada.

Vezes há que a lágrima,
Mistura-se com o sorriso.

E quando leio aquele aviso:
“Sorria!! Você está sendo filmado...”

Choro de rir.
É tão engraçado!

Faça o mesmo.
É um "barato"!


**********


Publicada tb no " Apenas Ysolda "
www.ysoldacabral.blogspot.com/
Ysolda Cabral
Enviado por Ysolda Cabral em 23/05/2009
Alterado em 23/05/2009
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras