Ysolda Cabral em Prosa e Versos

Uma pessoa que chora e ri de alegria, tristeza ou saudade, sem nenhum pudor...

Textos

PRECISO ACORDAR
Sol, chuva, ventania,
Calor, frio e agonia...
Que dia mais esquisito!

Fecho os olhos do sentido,
Digo-me pra me olhar,
E identificar o que me resta.

Sem me reconhecer,
Sem me focalizar,
Encaro-me sem me olhar...

Assusto-me...
Estou no futuro?!

Como será que vim pra cá?
E os meus sonhos,
Cheguei a realizar?

Ora, estou dormindo,
Preciso acordar!

Sei que tenho duas décadas,
E não mais de meio século.
Credo!

Preciso imediatamente levantar.

**********

Publicada tb no '' Apenas Ysolda''
www.ysoldacabral.blogspot.com/

Ysolda Cabral
Enviado por Ysolda Cabral em 30/06/2009
Alterado em 03/07/2009
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras