Ysolda Cabral em Prosa e Versos

Uma pessoa que chora e ri de alegria, tristeza ou saudade, sem nenhum pudor...

Textos

 



         “O HOMEM FOI FEITO DE NOSSA COSTELA”
                                   De: Ysolda Cabral  
 
 
 
Acordei com os primeiros raios de Sol sobre minha jardineira de hortelã, cujos cuidados ando meio esquecida há um bom tempo. Contudo, ela continua firme, forte, perfumada e me acordando de muitos pesadelos.  Entretanto, hoje, especialmente hoje, por pura vingança, resolveu me acordar de um sonho lindo, me fazendo levantar com cara de poucos amigos. Fui até ela disposta a lhe fazer uma careta e ao invés disso, sorri e fui mais perto  sentir o seu perfume.
 
Apressei-me, pois precisava chegar cedo ao trabalho para o café da manhã em nossa homenagem, e, enquanto me arrumava, comecei a pensar nas corajosas norte-americanas que, em 08 de março de 1857, foram queimadas vivas por reivindicarem melhores condições de trabalho e de salários na fábrica de tecidos aonde trabalhavam.

- Que coisa medonha!
 
Fiquei a conjecturar sobre a coragem da mulher. Somos mesmo muito valentes, característica que poucos homens possuem. A maioria deles se prevalece, covardemente, da força física e chama isso de coragem.

- Pois sim!!!
 
Consegui sair de casa às 06h45m e o trânsito já engarrafado me exasperou. Respirei fundo, tentando relaxar e decidi que nada hoje iria me tirar do tom.
 
De repente, entre os veículos, uma mulher de bicicleta me chamou a atenção. Procurei minha câmara digital e verifiquei tê-la deixado em casa.

– Que raiva!!!
 
E agora, como provar o que eu estava vendo?! Porque o que eu via era realmente um ato de bravura por excelência!!
 
No meio do trânsito infernal uma mulher negra, mãe corajosa, altiva e bela levava suas três filhas para a escola em sua bicicleta.
 
- Que coisa mais bonita!!!
 
Chegando ao trabalho, ainda sentindo orgulho de também ser mulher – não tão corajosa como a mãe ciclista – fui ver meus e-mails. Um deles dizia assim:
 
“Não vou parabenizá-la pelo dia das mulheres porque acho um desaforo reservar apenas um dia, quando todas merecem o ano inteiro”.
 
É isso aí!!! Merecemos mesmo!
 
Somos a coisa mais bonita e mais perfeita que Ele fez.
 
Inclusive, minha amiga poetisa, Cida Sampaio, afirma, com muita propriedade que, o homem foi feito de nossa costela e não o contrário. Sábia e inteligente mulher!
 
À ela toda minha admiração. (Rsrs)




Ysolda Cabral
Enviado por Ysolda Cabral em 08/03/2010
Alterado em 08/03/2010
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras