Ysolda Cabral em Prosa e Versos

Uma pessoa que chora e ri de alegria, tristeza ou saudade, sem nenhum pudor...

Textos




 
Y es, a ironia dita às ordens!
S olidão é meu forte.
O s dias ficam até mais bonitos,
L eves e cheios de graça.
D evo admitir... Tenho raça,
A final ela é sinônimo de mim.
 
C alar?! Jamais!!!
A fetaria meus canais.
B ombardear o silêncio é o máximo.
R asgar os costumes é fácil,
A venturar-se é bárbaro.
L ançar sonhos pro espaço... Não faço!

**********

At.  Nandinha ( Fernanda Xerez), isso aí foi só  uma tentativa, viu?! (Risos)

**********


44022-mini.jpg
07/12/2011 17:14 - Fernanda Xerez
 
Y.es, minha linda e querida menina
S.implesmente adorei o acróstico
O.primeiro de uma lista infinda
L.ogo terás muito sucesso, aposto
D.ez é a nota que você vai ganhar
A.gora mais acrósticos vamos esperar 

C.ontinue assim, você vai agradar
A.minha proposta vim apresentar
B.ote a imaginação para funcionar
R.ealize algo para me encantar
A.presentando o meu nome, vamos lá
L.eia: FERNANDA XEREZ, pode começar .................... kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk......................... a professorinha num dá mole naummmmmmmmmmmmm........Beijooo...............Parabéns!!................... A Paz do Senhor!!.

**********
Eita, e agora?!! (Risos)



 
Ysolda Cabral
Enviado por Ysolda Cabral em 07/12/2011
Alterado em 22/02/2012
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras