Ysolda Cabral em Prosa e Versos

Uma pessoa que chora e ri de alegria, tristeza ou saudade, sem nenhum pudor...

Textos



SUMIÇO REPENTINO 
De: Ysolda Cabral
 
 
Cadê a alegria?
Ela sumiu?!
Estava aqui agorinha,
A rir, a brincar, a fazer poesia!
 
Foi embora sem se despedir,
Deixou algumas lágrimas,
E um enorme vazio.
 
Coisas da vida.
Logo chegará um novo dia.


 
Ysolda Cabral
Enviado por Ysolda Cabral em 23/05/2012
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras