Ysolda Cabral em Prosa e Versos

Uma pessoa que chora e ri de alegria, tristeza ou saudade, sem nenhum pudor...

Textos

10628514_1588910728003255_87588089993594


AGOSTO EM FASE TERMINAL
Ysolda Cabral
 

 
E eis que, finalmente, Agosto está em fase terminal, graças a Deus! Logo estará definitivamente acabado. Amanheci feliz e disposta a começar a comemorar o seu passamento. Vestida com apuro, em cores vivas e alegres, levemente maquiada e perfumada, me sinto pronta para o grande acontecimento. E, como perdi uns quilinhos extras, posso abusar de muita guloseima. Adoro festa e a festa do velório de Agosto mais ainda!

- Nossa, que coisa danada de boa é saber que domingo próximo – dia apropriado -  Agosto se escafederá de vez e em seu lugar Setembro chegará majestoso!

E o que é melhor; sinto que esta alegria não é somente minha! O Vento também está indo à forra do agouro e da maldade do mês que finda e em festa se vinga nos candidatos que voam ventadas, em suas caras lisas e sem-vergonhas, por onde se expõem em ridículas bandeirolas ao longo das avenidas. Ô coisa bem empregada!

Pensando melhor,  a Chuva, também,  resolveu dar uma forcinha, hoje cedo, e mandou ver com muita água e aí a farra foi completa!

A cidade até ficou mais limpa e as bandeirolas se fecharam enroladas nos ''palitos'' que vendem as caras lisas dos corruptos candidatos!

Entretanto, quero tratar é da minha alegria no velório de Agosto a quem definitivamente adoro dizer adeus.

Só não gosto de lembrar que esta morte não é definitiva e aí vem a triste inspiração que se apresenta assim:


 
OLHOS DE MAR
Ysolda Cabral 
 
 
Olhos de Mar
marejados pelo intento de esquecer
espraiam saudade 
 
Olhos de Mar 
marejados de saudade 
espraiam tristeza
 
Olhos de Mar 
marejados de tristeza
espraiam solidão e morte
 
Olhos de Mar 
marejados de Agosto
dão as boas vindas a Setembro
o mês das cores, das flores
dos acordes de sonata
apaixonante...

Me encontrarás aqui... 
Do féretro das dores diante

**********
  
Praia de Candeias - PE
Velando Agosto
Em 28.08.2014


 
Ysolda Cabral
Enviado por Ysolda Cabral em 28/08/2014
Alterado em 02/09/2014
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras