Ysolda Cabral em Prosa e Versos

Uma pessoa que chora e ri de alegria, tristeza ou saudade, sem nenhum pudor...

Textos

poesias-top.jpg


LUXO E LIXO
Ysolda Cabral 


Há  poesia que é luxo tal qual diamante,
que depois de lapidado só deve ser exibido,
apenas em colo dos mais famosos e cobiçados.


 
032311-elizabeth-taylor-jewelry9-350x580

Visão única, das mais perfeitas e incríveis,
sem possibilidade de ser copiada,
a poesia luxo é de extremo bom gosto e raridade.
 
A  poucos  poetas  foi concedido concebê-la.
Esses seres privilegiados e por Deus abençoados,
também receberam o dom  da   imortalidade... 
A todos eles o nosso reconhecimento e obrigados!


pombo+paz.jpg

Contudo, há  também a poesia lixo!
Lixo do cotidiano de casas simples,
porém com conteúdo reciclável.
Como exemplo cito:  

Belas  garrafas  plásticas ,
coloridas e variadas,  tal  qual beldades,

que nesta época do ano se tornam lindas árvores,
que decoram o Natal  de grandes e pequenas cidades. 
 

  
images?q=tbn:ANd9GcRtLkQxUncAwOuUuwQjfqu
 
Artistas brigam  por elas!...
Cada um capricha na inspiração
com talento e muito gosto.
No  final da criação; 
a alegria maior  quem sente é o povo!

**********

Praia de Candeias-PE
Em clima Natalino
09.11.2014
Ysolda Cabral
Enviado por Ysolda Cabral em 09/11/2014

Música: Noite feliz - Simone

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras