Ysolda Cabral em Prosa e Versos

Uma pessoa que chora e ri de alegria, tristeza ou saudade, sem nenhum pudor...

Textos


11041720_817971728273343_337156883802776


DOMINGO DE PÁSCOA 
Ysolda Cabral


Lento, e estranhamente silencioso, o dia hoje nasceu… O Mar, com ondulações de ondas plácidas apenas, parecia esperar ou descansar de grande tormenta. Nenhuma folha de palmeira balançava ao Vento,  literalmente parado, parecendo não se importar com seus deveres . Algo maior e mais poderoso pairava nos passos do dia recém-nascido. Com cautela, e muito cuidado, levantei da cama e pus os pés, nus, no chão, sentindo todo o frescor da manhã, que ainda matinava. Saí a caminhar, devagarzinho, atenta a qualquer ruído, pronta para qualquer surpresa. E poupando o ar dos pulmões, até porque não precisava de muito, ponderei: "Ainda estou no mundo?" - Um silvo, sequer, eu escutava!

Lento, e estranhamente silencioso e lindo,  o dia recém-nascido engatinhava e eu seguia em seu rastro, como guardiã cuidadosa e das mais dedicadas. De repente, veio o Sol, em toda a sua plenitude de luz, de sons, de cores e de Vida! A plenos pulmões, glorifiquei-O: 


- OBRIGADA JESUS!

Glorifique-O, você também, para que Ele saiba que o Seu sacrifício não foi em vão!

Feliz Domingo de Páscoa!  


 
 Praia de Candeias-PE
Em manhã de Luz, de Cores,
de Sons e de Vida!
  Domingo de Páscoa
05.04.2015

 Ysolda Cabral


**********

Para escutar a música de fundo, acesse:

http://www.ysoldacabral.prosaeverso.net
Ysolda Cabral
Enviado por Ysolda Cabral em 05/04/2015
Alterado em 05/04/2015

Música: Luz do Sol - Caetano Veloso

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras