Ysolda Cabral em Prosa e Versos

Uma pessoa que chora e ri de alegria, tristeza ou saudade, sem nenhum pudor...

Textos

11426515_845068232230359_543238355731648

 
Queridos amigos,
 
Amanhã estarei me submetendo a uma Angioplastia Coronária, para implante de Stents em duas artérias do meu coração  (meu ''TAMBOR DO ENCANTADO'').

Consequentemente, ficarei um período de não sei quanto tempo ausente. Não deve ser muito. O que sei, é que sentirei saudades de todos vocês.

Torçam por mim, para que tudo dê certo e até a volta, se Deus quiser.

 
Ysolda


PS. Abaixo uma poesia que amo e que achei apropriada para o momento que vivo.

 
TAMBOR.2.jpg
 
 TAMBOR DO ENCANTADO
Ysolda Cabral
 
 
O sonho é irreal
O pesadelo é real
O sentimento é de solidão
E solidão é sedimentação
O pensamento não se expande
E no espaço se lança
E nada, absolutamente nada, alcança
 
Quisera  sempre ser
Primavera em cor
Com raios de calor
Aroma só de amor
 
Fugir do vendaval
Sem ter um ideal
De ser ou de não ser
Apenas de estar
Primavera em cor
 
Ficar sem confusão
Sabendo a oração
Para o ir e se voltar
Saber o retornar
Com consciência da dor
Sem ser um sofredor
Na busca do porvir
Que de tanto procurar
Deixa de servir
 
Servir sem restrição
Todas as ilusões sentir
Saber que a existência
Quando sem carência
Não há necessidade
Do sorrir
 
Sorrir escancarado
De coração atrapalhado
De ritmo compassado
Tocando alegremente
No tambor do encantado
Retumbando só amor.
 

**********
Praia de Candeias-PE
Retumbando só amor...
04.05./2015 ( 5a. feira)
Ysolda Cabral
Enviado por Ysolda Cabral em 04/06/2015
Alterado em 04/06/2015
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras