Ysolda Cabral em Prosa e Versos

Uma pessoa que chora e ri de alegria, tristeza ou saudade, sem nenhum pudor...

Textos

?id=787204&maxw=495&maxh=660
 
 UMA ESTRELA NO CÉU
 Ysolda Cabral


 
Morávamos todos em Caruaru e, em certa ocasião, minha avó materna, Cecília, que residia aqui no Recife, hospitalizou-se, e mamãe veio para cá ficar com ela por alguns dias. Contudo, esses alguns dias duraram uma eternidade para todos nós - principalmente para papai, que não conseguia disfarçar a saudade. Quando mamãe, finalmente, voltou, ele a presenteou com mais uma canção. Eis a letra:
 
 QUERO VOCÊ PRA MIM
 Alírio Cabral


 
Meu viver, sem você,
Pode ser...
Meu sorrir pode vir,
Sem você...
 
Mas meu canto
Não pode florir
Sem você, junto, junto
a mim...
 
Quero você assim,
Quero você aqui,
Quero você pra mim.
 
Esta é a canção que eu fiz,
Tudo foi emoção que senti,
Quando vi você partir 
E logo sumir,
me deixando só...
 
Quero você assim,
Quero você aqui,
Quero você pra mim.
 
Faz seis anos que mamãe partiu para ser ‘’Estrela no Céu’’, e desde então papai, realmente, calou o canto e o violão.
 
Hoje, se ela aqui estivesse, estaríamos todos comemorando o seu aniversário com muita música. Papai no violão  e mamãe no bandolim, tocando e cantando, com sua belíssima e afinadíssima voz, as canções que ele compunha para ela. 
 
Parabéns pelo seu aniversário, minha mãe preferida. Eu sempre falava assim e ela observava: - Você só tem a mim, minha filha! - e caia na risada, toda feliz da vida!


NUMA ESTRELA DO CÉU
Ysolda Cabral


Quando a noite chega
E as estrelas brilham no céu,
Fico tentando descobrir
Qual  estrela lhe guarda.

Todas me parecem belas,
Aconchegantes, amorosas,
Protetoras e conselheiras.

Em qual delas você está?

De repente, lágrimas
Banham o meu rosto,
E do céu vem a chuva:
 
Lágrimas suas...

Você adorava a chuva, lembra?

Essa saudade, essa falta,
Essa ausência inexplicável de você
É tão grande que,
Neste momento,
Queria ir até você!...

**********

 
 
 
Minha mãe era linda demais.
 
Na foto – ela e papai, quando namorados.


 
Ysolda Cabral
Em reedição
4a. feira 19.08.2015
 
Ysolda Cabral
Enviado por Ysolda Cabral em 19/08/2015
Alterado em 20/08/2015
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras