Ysolda Cabral em Prosa e Versos

Uma pessoa que chora e ri de alegria, tristeza ou saudade, sem nenhum pudor...

Textos

12376796_976831452408052_373098475175703
 
Encontrei a  foto, acima,  no FaceBook e ela me fez lembrar de um diálogo que compus, certa feita, numa tarde igualzinha a de hoje. Resolvi reeditá-la em homenagem à minha sobrinha Ylana.

10336597_993750990695415_209075768827444
 

MÃE E O FILHOTE PASSARINHO
Ysolda Cabral


 
- Mamãe um dia vou voar?
- Claro que sim, filhotinho!
Vai voar e voar alto! Bem alto!
- Mas, você mal acabou de nascer...
Por que a pressa?

- Não estou com pressa!
Só estou querendo saber,
quando isso vai acontecer!
- Vai acontecer assim que,
suas asinhas ficarem maiores.

- Quando, quando, quando? 
- Ah, num abrir e fechar de olhos!
Você vai ver!

- E eu vou ficar bem grande?
- Bem... Muito, muito grande, não!
Só maior mais um pouquinho.
É que Papai do Céu fez a gente
para ser pequenininho mesmo.

- E por que, mamãezinha?
- Porque nosso tamanho está na beleza,
na delicadeza, na pureza...
Somos grandes na simpleza!
- Você sabia que nosso canto
é o mais lindo que existe,
e que nossa missão é anunciar o amanhecer
e o entardecer de todos os dias?
Viu só que responsabilidade?

- É verdade!... Mas, ô mamãe,
e quando o dia nasce chovendo, 
com Vento forte... O que fazemos?
- Não fazemos nada! 

Quando isso acontece,
a Brisa, mamãe do Vento,
enquanto a gente dorme,
Já nos leva para onde o Sol é nascente.

- Agora chega de conversa!
Já está ficando tarde e todos já se recolheram.
É hora de dormir!
Boa noite, filhotinho!
- Boa noite, mamãe! A sua bênção...

*********

Da Pousada Passarinho
Praia de Candeias - PE
Para Ylana

Em 18.03.2016

Para escutar o fundo musical acesse: 


http://www.ysoldacabral.prosaeverso.net
 
Ysolda Cabral
Enviado por Ysolda Cabral em 18/03/2016

Música: Canto dos Pássaros ao Alvorecer - Passarinhos

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras