Ysolda Cabral em Prosa e Versos

Uma pessoa que chora e ri de alegria, tristeza ou saudade, sem nenhum pudor...

Textos

10349202_989616634442184_130302808368933
 

 
Pensamentos meus publicados no Face e que ora param aqui, para que não se percam naquele mundo azul... Ah,  e gostei deles! 

 
02.04.2016 - Sábado  ( por volta das 23h.)

No que estou pensando? Penso em ir dormir. Mas, ainda é sábado e o sábado é o melhor dia da semana. É o dia que tem a noite mais sedutora, mais envolvente de todas as noites de todos os dias... Com ou sem luar, ela sempre consegue nos convencer a lhe aproveitar até a última badalada da meia noite, ocasião em que, nos leva a invadir as primeiras horas do domingo, acreditando ainda estar em sua doce companhia. Quando menos esperamos, é a luz do Sol que nos leva pra cama. 

03.04.2016 - Domingo (por volta das 17h)


Domingo não é o dia que mais gosto, e o seu Entardecer sempre me traz lembranças do passado e muita nostalgia. Creio que isso também acontece no Mundo dos Passarinhos. Eles sempre silenciam e se recolhem mais cedo! Hoje, até o Mar me parece tristonho... Vou embora para o Mundo da Poesia! Lá tenho varinha de condão que compõe versos até com tinta de lágrimas que, trazem alívio ao coração. E, na hora da Ave-Maria, nos sentimos abençoados pelo dom da composição e sorrindo, agradecemos e damos as boas vindas à noite que chega.

 

maxresdefault.jpg


Praia de Candeias-PE
​03.04.2016
A
penas Ysolda 


 
Ysolda Cabral
Enviado por Ysolda Cabral em 03/04/2016
Alterado em 03/04/2016
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras