Ysolda Cabral em Prosa e Versos

Uma pessoa que chora e ri de alegria, tristeza ou saudade, sem nenhum pudor...

Textos

13227185_600307120135129_887398607324196


FALANDO EM MUDANÇAS...
Ysolda Cabral


 
Sábado é o dia que mais gosto, apesar dele me levar sempre para o passado de quando, ainda menina, pensava mudar o mundo. Mas, mudar o quê, se ele já era tão lindo e tão perfeito?! Me questionava... A conclusão era rápida: quem precisava de mudança era eu. Como ficar grande demorava! Comecei a fazer de conta que já não era menina e abandonei as brincadeiras de criança. Foi quando a "aborrecência" instalada, antecipadamente e por escolha, me levou ao conflito de não ser uma coisa e nem outra - nem menina e nem moça!... E foi assim que perdi os melhores sábados da minha insignificante existência. Hoje, penso no quanto seria bom voltar a ser menina, mas sem pressa de crescer...
 
**********

E, dividindo com vocês um presente recebido, que ilustra lindamente esta minha prosa, desejo a todos um bom dia e um final de semana maravilhoso!
 
Praia de Candeias-PE
Quase da cor do Céu
Em 14.05.2016
Apenas Ysolda 

Para escutar a música de fundo,acesse: 

www.ysoldacabral.prosaeverso.net


 
 
Ysolda Cabral
Enviado por Ysolda Cabral em 14/05/2016
Alterado em 14/05/2016

Música: Azul da cor do mar (Viva Tim Maia) - IVete Sangalo

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras