Ysolda Cabral em Prosa e Versos

Uma pessoa que chora e ri de alegria, tristeza ou saudade, sem nenhum pudor...

Textos

13728939_631850706980770_907634629576445

 


PELAS OFICINAS DA VIDA  
Ysolda Cabral
 
 

Parecia alheia, mas não estava! Estava atenta. Muito atenta!...

Cheguei cedo à oficina autorizada. Meu carro já passava do tempo da revisão que, também, programei para essas férias. Os portões ainda não estavam nem abertos quando cheguei.

O segurança disse: ''Só abrimos às 08h, minha senhora! Aguarde aí mesmo.'' O ''aí mesmo'' era do lado de fora e o Sol já ia alto, às sete da manhã. Não me importei. Estava em companhia do maravilhoso livro, ''O RECOMEÇO – UM ITINERÁRIO DE TEMPO CÌCLICO'', do escritor paraibano, mas pernambucano de adoção, José Humberto, cuja história envolve entre muitas culturas; a Indígena, Maia e Asteca... ''O RECOMEÇO'' fala de extraterrestres, reencarnação, e fala do amor, de paixões; das tramas, dramas e possibilidades várias que a Vida nos impõe, desde sempre, com seus mistérios fascinantes... Um livro que traz reflexões extraordinárias e próprias de um grande e talentoso escritor filósofo e pesquisador que, facilmente, nos cativa e nos faz com ele refletir, nos enredando para o seu universo, e com isso,  o tempo passa sem a gente sentir.

- Mas, eu estava atenta. Muito atenta!  Alguém queria tomar o meu lugar, a minha vez de ser atendida...

Se fazendo de bobo, um senhor, posicionou o seu veículo à frente do meu e me olhou de soslaio, como se quisesse dizer que ali era lugar de homem. - O seu lugar!

Manteve até o carro ligado, o espertinho, para passar à minha frente. Contudo, estava ao celular, e pela sua expressão facial, deu para entender que seduzia alguma tonta, ou tentava, e quando se deu conta, o segurança havia aberto os portões e eu já estava sendo atendida pelo gerente da oficina que, me encaminhou a uma convidativa sala de espera, onde pude continuar no mundo do José Humberto, a divagar sobre os vários nomes de Jesus, constantes na Bíblia, através de um de seus personagens; o monsenhor Germano.

Não demorou para o meu carro ficar pronto e saí da oficina pensando no Messias, no Salvador, no Rei dos Reis... Pensando em Sidarta... O meu Sidarta de mocinha, do Hermann Hesse, que ainda hoje trago em minha cabeceira e dentro dele, o que resta de uma rosa vermelha...

Quanto ao senhor preconceituoso, sedutor e metido a espertalhão, ficou por lá! Tomara que tenha demorado tempo suficiente para entender a sua completa insignificância.

- Jesus Cristo tem cada filho!...  Ou, seria cada irmão?!...

- Esse livro do José Humberto faz a gente pensar... Como faz!
 
**********
 
Praia de Candeias-PE
Se aculturando
Em 26.07.2016
Apenas Ysolda  
 
 
''O RECOMEÇO – UM ITINERÁRIO DE TEMPO CÌCLICO''
Pode ser adquirido através do endereço abaixo:
 
jhpontesdemiranda@hotmail.com
 
 
Ysolda Cabral
Enviado por Ysolda Cabral em 26/07/2016
Alterado em 26/07/2016
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras