Ysolda Cabral em Prosa e Versos

Uma pessoa que chora e ri de alegria, tristeza ou saudade, sem nenhum pudor...

Textos

Resultado de imagem para brincando de roda


CONVITE
Ysolda Cabral
 
Nada mudou!...
O Tempo não passou.
Criança sei que sou!
 
Vou brincar de amarelinha,
De passar o anel , ou  de boneca?
Talvez de  esconde-esconde, capelinha,
Pega-pega , ou cabra-cega?
 
Ah, não! Vou pular corda,
Esbaldar-me de cirandar,
E jogar muita bola pelo ar.!
Quem é que não gosta?...
 
Viva! Hoje é meu dia...
E juro por Nossa Senhora:
Que sou criança e por ora,
Vivo somente alegria.
 
Vamos brincar de roda?

**********
  
Praia de Candeias-PE
No dia das crianças
Com as bênçãos de

 Nossa Senhora  da Conceição Aparecida
12.10.2016
Apenas Ysolda


Uma pessoa que chora e ri de alegria,
tristeza, ou saudade, sem pudor.



Resultado de imagem para menino emburrado

NÃO VOU BRINCAR  
yamânu




De roda não posso,
fico tonto tropicando até o tombo.

Esconde-esconde também não.
E se ninguém me encontrar?
Como pra casa eu vou voltar?

Eu brincando de boneca vocês sabem,
vai dar o que falar.

Capelinha? Num vou não, é de melão
é de São João é de cravo
é de rosa é de manjericão.

Se de boneca a coisa ia pegar,
imagina o que seria se o anel eu passar?
Não vou brincar.

**********

RJaneiro/RJ
12.10.2016
yamânu

Para escutar  a música de fundo acesse: 


http://www.ysoldacabral.prosaeverso.net/visualizar.php?idt=5789123

 
Ysolda Cabral e yamânu
Enviado por Ysolda Cabral em 12/10/2016
Alterado em 12/10/2016

Música: FUI À ESPANHA - GALINHA PINTADINHA

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras