Ysolda Cabral em Prosa e Versos

Uma pessoa que chora e ri de alegria, tristeza ou saudade, sem nenhum pudor...

Textos


15094509_1200341803369665_28335214565237

Imagem Google 



CABEÇA FEITA
Ysolda Cabral


Minha cabeça não está na bandeja
à prêmio sobre a mesa...
Se pensa consumi-la; esqueça!

Minha cabeça é feita e me comanda,
sem quebrar e nem botar banca.
Somente ela pode me levar à lona!...

A minha cabeça quase não peca. Ela é santa!
Sustenta muitíssimo bem a minha cara,
quando se amarra, sorrir, fala, ou canta...

Ah, preciso cuidar bem da minha cabeça!
Vou começar pelos bastos cabelos de seda.
Alguém pode me indicar um bom shampoo,
um bom condicionador, antes que anoiteça?

**********

Praia de Candeias-PE
12.11.2016

Apenas Ysolda
Uma pessoa que chora e ri de alegria,
tristeza, ou saudade, sem pudor.


http://fugindodocontexto.blogspot.com.br/


Resultado de imagem para HOMEM SEM CABEÇA

(Imagem do Google)


MINHA CABEÇA
Odir Milanez
 
 
Eu não sei onde está minha cabeça,
depois que me distei de seu sorriso.
Dês que o sorriso seu não apareça,
encrustado à cabeça, perco o siso!
 
Pra que minha cabeça permaneça
colada ao meu pescoço, é-me preciso
que o seu sorriso dela me abasteça,
servindo-lhe o soneto como aviso.
 
Agora, sem cabeça, eis-me indeciso:
pedir que o seu sorriso não me esqueça,
ou buscá-la de modo mais conciso!
 
E antes que o sentido me arrefeça,
apelarei à musa desse riso:
eu não sei onde está minha cabeça!
 
JPessoa/PB
14.11.2016
oklima
 
Sou somente um escriba
que escuta a voz do vento
e o versa em versos de amor...
 
odirmilanez.blogspot.com
 
Seguindo os passos da minha musa sorriso, Ysolda Cabral.


Para escutar a música de fundo, acesse:

www.ysoldacabral.prosaeverso.net
Odir Milanez
Enviado por Ysolda Cabral em 12/11/2016
Alterado em 14/11/2016

Música: Velha e Louca - Mallu Magalhães

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras