Ysolda Cabral em Prosa e Versos

Uma pessoa que chora e ri de alegria, tristeza ou saudade, sem nenhum pudor...

Textos

Imagem relacionada

Imagem Google 


ESTADO FEBRIL
Ysolda Cabral
 


Final de tarde de um dia muito triste
É virose, é gripe,é aperto no coração...
Tenho febre, tenho dores no corpo,
Arrepios de frio, de calor e muita tosse...
A tristeza quer que eu liste e a alma insiste:
"Não faça isso que tudo isso logo passa!"
 
Vivo o resultado de um dia bonito e galanteador,
Que disse:
"Vai, Ysolda, para o Sol, para o Mar e brilhe,
Tal qual estrela do Céu ou do Mar!"
 - Que dia enganador!
E cá estou ao léu a penar o desatino triste.
 
Mas, isso tudo é besteira! São asneiras.
Tomar suco, remédio, fazer nebulização;
Repousar o corpo, a cabeça, a emoção...
Esquecer as coisas ruins da vida e amanhã,
Estarei nova para contar mais uma história,
De uma virose, ou gripe, que por hora,
Me deixa nocauteada, estupefata e sem ação.

 
 *********

Praia de Candeias-PE
19.11.2016
Apenas Ysolda
Uma pessoa que chora e ri de alegria,
triste, ou saudade, sem pudor. 


http://fugindodocontexto.blogspot.com.br/

Para escutar a canção de fundo,acesse: 
www.ysoldacabral.prosaeverso.net
Ysolda Cabral
Enviado por Ysolda Cabral em 19/11/2016
Alterado em 19/11/2016

Música: CHARME DO MUNDO - MARINA LIMA

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras