Ysolda Cabral em Prosa e Versos

Uma pessoa que chora e ri de alegria, tristeza ou saudade, sem nenhum pudor...

Textos


15171125_1220462418024270_72691490471678

Foto de Yauanna, minha fotógrafa preferida.
( 29.11.2016 -  3a. feira)


MÁQUINA DO TEMPO
Ysolda Cabral

 
Construo uma máquina do Tempo,
Com pedaços de lembranças,
Viajo ao passado rápido como o Vento,
Sem qualquer constrangimento.

Retorno trazendo outro destino,
Porém para mudar a minha rota,
Já que de cansaço estou morta,
Preciso descansar um pouquinho.

Sem rede me deito e descanso,
Me vejo colando os sonhos,
Num álbum bastante bonito.

Acordo feliz e descubro,
Que a máquina do Tempo,
Foi embora me levando tudo...

******

Praia de Candeias - PE
Encerrando Novembro
29.11.2016
Apenas Ysolda 

Uma pessoa que chora e ri de alegria, 
tristeza ,ou saudade, sem pudor.


www.fugindodocontexto.blogspot.com.br

Para escutar a música de fundo, acesse:

www.ysoldacabral.prosaeverso.net
Ysolda Cabral
Enviado por Ysolda Cabral em 29/11/2016
Alterado em 02/12/2016

Música: Oração ao Tempo - Caetano Veloso

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras