Ysolda Cabral em Prosa e Versos

Uma pessoa que chora e ri de alegria, tristeza ou saudade, sem nenhum pudor...

Textos

Imagem relacionada

(Imagem do Google)


SONHOS MEUS 
Ysolda Cabral
 
 
Sonhos lindos, esses que invento.
Sonhos que são mudados pelo tempo,
na proporcionalidade de cada ciclo...
Mas, não ligo! Novos sonhos eu crio.

Às vezes, eles se repetem num sorriso.
Essencialmente, para enxugar o pranto, 
quando a tristeza chega sem aviso,
trazendo, à vida, melancólico canto.  

São sonhos que improviso 
para darem suporte à emoção.
Muitos deles morrem, calados
e frustrados, dentro do coração!

Praia de Candeias-PE

26.12.2016
Apenas Ysolda 



Uma pessoa que chora e ri de alegria,

tristeza, ou saudade sem pudor.
www.fugindodocontexto.blogspot.com

 
Imagem relacionada

(Imagem do Google)

Em passeio no parnaso com minha musa-sorriso
Ysolda Cabral



MEUS SONHOS
Odir Milanez
 
Eu queria que os meus sonhos
fossem como a primavera
e florissem de quimera
as cores de meu querer.
 
Eu queria que o meu corpo
caminhasse por meus sonhos
e deixasse esses medonhos
labirintos da memória.
 
Eu queria ser, somente,
nem sei se é muito pedir,
um sonho a mais a seguir
o meu corpo em movimento,
no andamento de meus sonhos.
 
 
JPessoa/PB
26.12.2016
oklima
 
 
Sou somente um escriba
que escuta a voz do vento
e o versa em versos de amor...
 
.............

 Para escutar a canção de fundo acesse:


www.ysoldacabral.prosaeverso.net

 


 
Ysolda Cabral e Odir Milanez da Cunha
Enviado por Ysolda Cabral em 26/12/2016
Alterado em 26/12/2016

Música: Sonho de Ícaro - Biafra - Desconhecido

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras