Ysolda Cabral em Prosa e Versos

Uma pessoa que chora e ri de alegria, tristeza ou saudade, sem nenhum pudor...

Textos

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e nadando

Imagem Google 


ÚLTIMO SONHO 

Ysolda Cabral


Idéias esgotadas...
Sentimentos confusos,
mente cansada.
Sou poço do nada,
transbordando impaciência...

Ligo a TV, o rádio,
o computador... Que dor!
Sinto que um sonho ainda trago.
Apenas mais um!...

Tenho leveza e asas.
Sou gaivota ou garça...
Posso voar bem alto.
Ninguém me empata!...

Sem destino definido;
não há pouso!...
Volto e jogo fora as asas.
Me recolho...

De repente tenho nadadeiras.
Ah, agora sou Sereia!!!
Sereia no Mar de Candeias, 
Mar que não me traz canseira
e nem desgosto.

**********

Praia de Candeias-PE
No mundo surreal
17.02.2017
Apenas Ysolda
Uma pessoa que chora e ri de alegria,
tristeza, ou saudade sem pudor.


www.fugindodocontexto.blogspot.com.br

Para escutar a canção de fundo, acesse:

www.ysoldacabral.prosaeverso.net
 

 
Ysolda Cabral
Enviado por Ysolda Cabral em 17/02/2017
Alterado em 17/02/2017

Música: Sonho de Icaro - BIAFRA

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras