Ysolda Cabral em Prosa e Versos

Uma pessoa que chora e ri de alegria, tristeza ou saudade, sem nenhum pudor...

Textos

Resultado de imagem para serenata - desenho

Imagem Google 


SERENATA PRA MIM
Ysolda Cabral
 

O Céu da madrugada,
invadiu a noite escura,
fizeram-me uma serenata,
acordando toda a rua.
'' A deusa da minha rua... ''
 
Da janela você olhava,
com ímpetos de loucura.
E, na branca alvorada,
jurou se vingar da Lua...
'' Lua, lua, lua, lua'‘...
 
Eu, a fingir que nada via,
mal o Sol no horizonte surgiu;
você vingado me sorriu.
Riu, riu, riu...
 
Sorri de volta com alegria.
De pronto o biquinho você abriu,
e o mais lindo canto
por todos os cantos se ouviu.


Resultado de imagem para passarinho - desenho


Imagem Google 

**********
 Praia de Candeias-PE
15.05.2017
Apenas Ysolda
Uma pessoa que chora e ri de alegria,
tristeza, ou saudade sem pudor.

Resultado de imagem para seresteiro

Imagem Google 


 SONHOS EM SERENATAS
Odir Milanez


As serestas que fiz, minh'alma aninha.
Quantas e quantas noites de calçadas!
''Minha Vida'', cantando Silvio Caldas,
sobrepensando os ''Sonhos'', de Peninha...

Para ouvir, namoradas sempre tinha.
Para amar, não havia namoradas.
Havia a noite, as deusas estreladas,
havia, à madrugada, a lua minha...

Vagávamos, sem medo, pelas ruas,
pedidos de canções pendendo às flores
dos jardins, das janelas nas recuas.

De cortinas envoltas, uma, duas...
A voz do seresteiro ardendo amores
às musas, entre sombras, tais a tuas!...

*****

JPessoa/PB
16.05.2017

oklima
Sou somente um escriba que escuta a voz
do vento e o versa em versos de amor.


Para escutar a canção de fundo, acesse:

www.ysoldacabral.prosaeverso.net
Ysolda Cabral e Odir Milanez
Enviado por Ysolda Cabral em 15/05/2017
Alterado em 16/05/2017

Música: Lua, lua, lua, lua - Caetano Veloso

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras