Ysolda Cabral em Prosa e Versos

Uma pessoa que chora e ri de alegria, tristeza ou saudade, sem nenhum pudor...

Textos

Resultado de imagem para amanhecer na praia

Imagem Google

 
RECOMEÇO 

Ysolda Cabral 


O pesadelo por vezes me chama.
Atendo! Não há como dele recuar.
Pode ser até para me jogar na lama.
Não ligo! Saio dela sem me sujar.

Há noites que ele me tira da cama,
joga-me no chão. É tão fácil levantar! 
E, quando os pássaros o dia proclama,
- ah, que alegria é correr para o Mar!

Ali louvo a Deus e em júbilo agradeço,
por ter a alma livre da maldade humana.
Ela é meu porto seguro, meu endereço...  

Por vezes me perco e me desconheço,
porém, ela nunca me deixa ficar insana.
Afinal sou Ysolda, em eterno recomeço. 

********** 

Praia de Candeias-PE
14.06.2017
Apenas Ysolda 
Uma pessoa que chora e ri
de alegria, tristeza, ou saudade, sem pudor. 

www.fugindodocontexto.blogspot.com.br

Para escutar a canção de fundo, acesse: 
www.ysoldacabral.prosaeverso.net


Atenção caros amigos e leitores!

 
Acabo de tomar conhecimento que a poesia em tela, inspirou uma das maiores poetisas deste Recanto, Ana Flor do Lácio, na  belíssima prosa poética ''NA MESMA PÁGINA, EM OUTRA LINHA'' .  Fato  que me deixou honrada e muito feliz. 
 
Para ler acesse: 
Ysolda Cabral
Enviado por Ysolda Cabral em 14/06/2017
Alterado em 20/06/2017

Música: BALADA DO AMOR SUBLIME - MOACYR FRANGO

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras