Ysolda Cabral em Prosa e Versos

Uma pessoa que chora e ri de alegria, tristeza ou saudade, sem nenhum pudor...

Textos



Chris, fotografada por mim enquanto
almoçavámos hoje no Tachos e Panelas.

 
ELA NÃO GOSTA DE FESTA
Ysolda Cabral
 
 
Sexta-feira com tempo firme no Recife, e muita vontade de aproveitar o final de semana, fez a Chris confirmar sua presença na festa de aniversário de três anos do filho do Diogo, o Lukinha, que na realidade já fez aniversário no último dia 21. - Até já ganhou o nosso presente!

Mas, enfim, a nossa colega quer porque quer ir a uma festa neste final de semana...

- “Onde vai ser a festa, Diogo?”
- “Lá em casa mesmo,Chris!” Respondeu Diogo, com toda a tranquilidade que lhe é peculiar, porém acrescentando que não seria exatamente uma festa, apenas um bolinho para cantar os parabéns.

 
- “Eu vou, mesmo que não tenha bolo algum!” Assegurou nossa querida colega que anda sorrindo a toa, depois que fez um clareamento com a maravilhosa Dra. Ana Maria Lima.
 
Anotou cuidadosamente o endereço e foi conferir a melhor maneira de chegar à festa posto que, desde que decidiu vender o carro, devido ao medo que sente de dirigir no trânsito maluco do Recife, anda as voltas com táxi, Uber, ônibus, metrô, carona… Como a última opção não seria viável, - ninguém mais havia confirmado presença no aniversário -, resolveu fazer uma estimativa de quanto ficaria para ir de Uber. - Fora de cogitação, pois mesmo usando essa opção de transporte, sua ida até a casa do aniversariante sairia cara demais, isto sem considerar a volta. 
 
- “Diogo, que ônibus eu pego para ir até a sua casa amanhã?”...

E foi então que a ficha caiu e caiu para todos nós: o nosso coleguinha foi morar longe demais.- Que coisa! Precisava ir morar tão distante?!

Para chegar a sua casa, Chris teria que pegar uns três ônibus, no mínimo, e se saísse de casa umas duas horas antes, caso contrário chegaria muito depois dos parabéns e, com certeza, nenhum pedacinho de bolo teria para ela.

Já sentíamos dó da colega de trabalho, e raiva do colega por ter ido morar tão longe; quando ela nos surpreendeu com a seguinte declaração:

 
- “Diogo, avise a sua esposa que vou com você hoje! Durmo na sua casa, e assim não perco a festa de aniversário do seu filho.”

- É mole? Não convido nunquinha a Chris para uma festa em minha casa.

- Moro mais longe que Diogo!

 
**********
Ysolda Cabral
Enviado por Ysolda Cabral em 29/09/2017
Alterado em 29/09/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras