Ysolda Cabral em Prosa e Versos

Uma pessoa que chora e ri de alegria, tristeza ou saudade, sem nenhum pudor...

Textos


Eu, pelas lentes de minha filha Yauanna


UM POUCO MAIS DE MIM
Ysolda Cabral


 
 
Sempre fui uma pessoa pouco observadora, muito na minha, franca, correta, com senso de justiça aprimorado, destemida, alegre e muito bem-humorada. Resumindo; uma pessoa com poucas “encucações”.

Nunca gostei de sair para festas, visitar alguém, e/ou sair para ''shoppingcentear''. Gostava muito de viajar e viajei um bocado. Conheci todas as principais capitais brasileiras, e certa ocasião até cheguei a prolongar uma viagem de férias do trabalho para conhecer o Uruguai, Paraguai e a Argentina, porém parei por aí.

A bem da verdade é que sempre gostei de estar em minha casa, não sei se porque comecei a trabalhar muito cedo... O fato é que o ponto alto do meu dia, até a data de hoje, é chegar em casa. - Nossa, que coisa boa é estar em casa! E, falo nos dois sentidos – a casa simples de alvenaria, e a ''casa'' sem vaidade, onde mora a minha alma de aura clara e sem maldade.

Casei, tive uma filha – meu presente de Deus - e depois de 24 anos de casamento me divorciei sem complicações, brigas e sem duvidar da minha decisão. - Claro que me casei para ficar casada ''até que a morte nos separasse'', mas a Vida nos reserva surpresas e ensinamentos importantes para que nunca a gente pense que pode fazer dela o que entender de fazer.  A Vida é como ela é, e não adianta querer mudar o rumo da prosa. Planejar até que a gente planeja, sonha, luta e, de repente, nota que pouco ou quase nada adiantou.

De qualquer forma o importante é ter coragem de olhar para dentro de nós mesmos e ver, com clareza e honestidade, o que de fato temos para oferecer de bom – como educação, conhecimento, disposição para o trabalho, generosidade, humildade, respeito, compreensão, bom humor, amor ao próximo e fé... Se faltar algum desses itens convém, pelo menos, tentar adquirir enquanto ser vivente neste mundo de meu Deus.

Posso não ter aprendido muita coisa para melhorar, crescer como pessoa, como ser humano, contudo não piorei com o passar do Tempo.

Gosto de mim exatamente do jeito que sou e, com certeza, sou minha maior fã.
 
**********

Praia de Candeias-PE
Em divagações aleatórias
02.10.2017
Apenas Ysolda 

Coloquei até fundo musical!
Para escutar, acesse:

http://www.ysoldacabral.prosaeverso.net/visualizar.php?idt=6131311
Ysolda Cabral
Enviado por Ysolda Cabral em 02/10/2017
Alterado em 03/10/2017

Música: Coração de Estudante - Milton Nascimento

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras