Ysolda Cabral em Prosa e Versos

Uma pessoa que chora e ri de alegria, tristeza ou saudade, sem nenhum pudor...

Textos


Imagem Google


FLOR DE LAPELA
Ysolda Cabral


O Vento açoita as janelas...
Tento me concentrar em vão.
Revejo algumas aquarelas,
escutando a nossa canção.

Faço um chazinho de canela,
como quem faz uma oração.
Gostaria que fosse na capela,
onde eu faria uma confissão:

Sabe aquela linda flor de lapela,
de pétalas regadas a emoção?
Tão linda! Afastaram-me dela...

Mas, numa noite de decisão,
e,  sem nenhuma procela; 
jurei  não lhe tirar do coração.

**********

Praia de Candeias-PE
30.05.2018
Apenas Ysolda


Uma pessoa que chora e ri de alegria,
tristeza, ou saudade, sem pudor

www.fugindodocontexto.blogspot.com.br

www.ysoldacabral.prosaeverso.net


 
Ysolda Cabral
Enviado por Ysolda Cabral em 30/05/2018
Alterado em 15/08/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras