Ysolda Cabral em Prosa e Versos

Uma pessoa que chora e ri de alegria, tristeza ou saudade, sem nenhum pudor...

Textos


Imagem Google

INDEFESA POESIA
Ysolda Cabral



Rimando ou combinando palavras,
vou assim pontuando os meus dias...
Alguns alegres, outros sem graça,
abusando da indefesa Poesia...

É um vício! Doença que não sara.
E, dela, morro até com certa alegria,
pois faço das perdas e desgraças,
motivo para escrever com estesia.

Eis a razão de compor de todo jeito.
Poesia de saudade e até soneto, 
em arremedos, saídos da alma, do peito...

Mas,  quando lembro daquelo beijo...
Ah! Confesso ter um pouco de medo; 
o de esquecer a composição pelo feito.

**********

Praia de Candeias-PE
01.06.2018
Apenas Ysolda
Uma pessoa que chora e ri de alegria,
tristeza, ou saudade, sem pudor.


www.fugindodocontexto.blogspot.com.br
www.ysoldacabral.prosaeverso.net
Ysolda Cabral
Enviado por Ysolda Cabral em 01/06/2018
Alterado em 15/08/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras